O que posso fazer quando em “crastinação” sou um Pro?

A resposta numa simples técnica de 2, 1, 0!

É mesmo um dos maiores desafios ao desenvolvermos a capacidade de aprender. Se procrastinamos, adiamos a exploração do nosso potencial. Por isso, como não gostaria que este artigo fosse mais um motivo para procrastinares e passo ao concreto.

A resposta está numa simples técnica de 2, 1, 0!

DOIS MINUTOS A regra do conhecido David Allen que criou o Método de Produtividade GTD (Getting Things Done). Se houver tarefas que demorem dois minutos, fá-las já! Pode ser arrumar a loiça de uma refeição, tirar a roupa do estendal, fazer a cama, seja o que for. Todos temos dois minutos na vida. Quanto mais os gastarmos a fazer coisas simples, mas que ficam feitas, aumenta o nosso sentido de realização e menos fica por fazer.

UM MINUTO. A melhor maneira de evitar a procrastinação está na criação de hábitos. Porém, temos a ideia de que esses são difíceis de criar porque não temos tempo. Mas sejamos sinceros, todos temos um minuto por dia, não!? Os hábitos não começam com grandes feitos em muito tempo, mas exactamente o contrário, pequenos feitos em pouco tempo. Ainda que muitos apliquem a regra dos dois minutos para criar hábitos, proponho que reduzas a um minuto!

  • Queres criar um hábito de leitura? Começa por um minuto.
  • Queres criar um hábito de estudo? Começa por um minuto.
  • Queres criar um hábito de caminhar? Começa por um minuto.

ZERO MINUTOS. Este é o tempo que sobra para procrastinar depois de teres tanta coisa feita, ganho vontade de fazer mais e hábitos que te levam mais longe através de pequenas coisas.

Professor Universitário e Investigador do Departamento de Engenharia Mecânica da Universidade de Coimbra.